Com este “site” esperamos apresentar-lhe um contributo valioso para o conhecimento da Marinha portuguesa, na atualidade, no seu passado e quanto às perspetivas de futuro. Vamos descrever não só quais os navios de que a Marinha dispõe hoje em dia, nomeadamente os submarinos Tridente e Arpão, “joias da coroa”, mas também os planos para o futuro, quer em termos de modernização das fragatas e dos navios de patrulha, quer no que se refere a novas embarcações. Portugal precisará de investir significativamente em patrulha oceânica, de alto mar, de modo a proteger a sua grande Zona Económica Exclusiva. Por outro lado, está previsto o investimento num LPD (“Landing Platform Dock”), para dotar a Marinha de meios para resgatar pessoas em cenários de crise.

Falaremos sobre a caravela e o papel essencial que este navio teve nos Descobrimentos portugueses, e também sobre a história deste navio e da navegação portuguesa. Afinal, contrariamente ao que por vezes se pensa, não há dados arqueológicos consistentes que permitam afirmar que não existiu troca de ideias intensa com os árabes e outros povos islâmicos, que terão dominado a navegação atlântica nos tempos da sua presença na Península Ibérica.

Daremos igualmente destaque a algumas personalidades, como o almirante Melo Gomes, e até a histórias curiosas, como aquele célebre lançamento falhado de um drone. Vamos inclusive desmistificar uma alegada descoberta arqueológica sobre a Atlântida que, de facto, não o foi. Esperamos que, com este “site”, possa saber um pouco mais sobre a Marinha e a relação de Portugal com o Mar.